Economia (Princípio – 2)

Para desenvolver software é preciso investir tempo e recursos. Este investimento é considerado satisfatório quando é compensado através do valor gerado, ou seja, quando o software satisfaz as expectativas de quem investiu nele. É um erro esquecer-se do lado econômico do desenvolvimento e preocupar-se somente com o “Sucesso Técnico” [BECK, 2005].

O cliente investe em software com a expectativa de que este gere valor comercial. A XP reconhece esta premissa e suas práticas são organizadas para antecipar receitas e adiar despesas [IMPROVE IT, XP].

 

Abraços,
Vinicius AC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s